top of page

12 Passos para Desenhar o seu Futuro

Definir objetivos é uma ferramenta essencial para criar direção e foco nas suas metas. Para tornar o processo mais motivador, sugiro que faça um exercício de visualização.


No início de cada novo ano, é comum repensarmos o ano anterior e criar novos objetivos para o ano seguinte. Normalmente, estes objetivos não passam de desejos e são esquecidos nas 2 ou 3 primeiras semanas do novo ano.

Como se podem transformar estes desejos em objetivos eficazes e manter a motivação forte e ativa ao longo de todo o ano?

Há várias estratégias que têm esse poder de nos manter envolvidos, animados e atuantes na mudança. A primeira dessas estratégias é a visualização.



A visualização consiste num processo de imaginar, com o máximo de detalhe, a sua vida com o resultado que pretende alcançar, como se esse resultado já tivesse sido adquirido.

Pode parecer estranho que esta seja uma estratégia eficaz, que pensar num resultado não produz esse resultado, que se assim fosse tudo aquilo em que pensasse se concretizaria. Não, não estou a dizer que o universo nos traz aquilo que desejamos com suficiente força!


O que visualização nos permite é manter a motivação acesa, como motor para nos envolvermos nas ações necessárias para ultrapassar os obstáculos e manter o rumo em direção ao objetivo, mesmo quando parece dificil ou impossível.


Visualizar, o mais vividamente possível, o resultado positivo que pretendemos, cria em nós um incentivo poderoso para manter o nosso foco ao longo do tempo. Quando se permite ao nosso cérebro experienciar o resultado, aqui e agora, é possivel antecipar a recompensa ou reforço que o resultado nos vai trazer e, esse exercício de antecipação, vai criar condições para explorar e desbloquear os recursos necessários para concretizar as ações e ultrapassar os obstáculos que encontrar no percurso.

É claro que este exercício de visualização precisa de ser repetido regularmente para atuar de forma eficaz.


Como proceder para uma visualização eficaz


Procure um local confortável, sem interrupções. Preveja pelo menos uma hora para esta tarefa. Use papel e caneta ou o seu computador, mas é essencial que que vá escrevendo as suas ideias.



1. Faça uma lista dos seus sonhos.

O que quer ser, ter, fazer e partilhar? Pense no futuro. Qual será o seu trabalho? Com quem viverá? Onde morará? Como será a sua casa? Quem serão os seus amigos? Como ocupará os seus tempos livres? Com quem? Que carro conduzirá?...

Comece a escrever, não coloque limites, não racionalize, deixe simplesmente a escrita fluir durante pelo menos 10 a 15 minutos, mas leve o tempo que precisar.

2. Defina metas temporais

Reveja a lista dos seus sonhos e atribua-lhes um prazo; 6 meses, 1 ano, 5 anos, 10 anos, 20 anos…repare no seu enquadramento temporal, tem sonhos a curto, médio e longo prazo? Se todos os sonhos estão enquadrados a curto prazo, precisa de criar uma visão mais a longo prazo. Se todos os sonhos são previstos a longo prazo, foque-se em criar também passos iniciais e intermédios que o levem na direção pretendida.

3. Reveja os seus objetivos para este ano

Os objetivos deste ano estão em congruência com os seus sonhos a médio longo prazo? Se não tem ainda objetivos aliciantes e inspiradores para este ano, pode definir 3 a 4 objetivos que façam a diferença e que sejam instrumentais para alcançar os seus sonhos. Pense na satisfação que esses resultados lhe vão trazer. Defina-os de acordo com as regras de formulação de objetivos.

4. Por que razão vai conseguir atingir esses objetivos

Escreva as razões pelas quais vai seguramente alcançar esses resultados e porque é que são importantes para si. Escreva em linguagem afirmativa, de forma clara e segura. Se tiver um “porquê” claro é mais fácil descobrir o “como”. Ganhar 1 milhão de euros é interessante, mas aquilo que quer fazer com esse dinheiro é que gera a motivação.

5. Liste os recursos que tem disponíveis

Normalmente tendemos a descurar ou a minimizar os recursos que já temos à nossa disposição. Considere as suas forças, habilitações, ferramentas, características de personalidade, aptidões, conhecimento, recursos financeiros, rede contactos, parceiros, amigos, familiares, tempo, energia…

6. Pense em situações em que tenha usado os seus recursos com sucesso

Relembre 3 ou 4 momentos em que tenha tido completo sucesso numa atividade que geriu. Pode ser a festa de aniversário do seu filho ou uma complexa negociação financeira, desde que tenha sido bem sucedido/a. Tome nota do que aconteceu, o que é que fez que foi determinante para o sucesso, que recursos usou e como?

7. Descreva a pessoa que teria de ser para alcançar os seus objetivos

Que atitudes, crenças e comportamentos teria de ter. Que disciplina, que rotina, que conhecimentos, que habilitações… precisa, para conseguir alcançar tudo aquilo que deseja? Leve o seu tempo.

8. O que o impede de ter o que quer agora

Este passo é muito importante. Precisa de descobrir quais as barreiras que o impedem de ter sucesso. O que é que, no passado, interferiu com os seus planos? Há um padrão? Todos nós temos formas de nos limitarmos, identificar essas barreiras limitadoras é o primeiro passo para as modificarmos.

9. Planifique a estratégia para atingir os objetivos

Pegue em cada um dos seus 3/4 objetivos e defina um plano para o atingir. Pense o que teria de fazer primeiro para conseguir isto? E depois? Ou comece pelo fim; qual seria a última coisa a fazer antes de ter isto? E antes? Por vezes o objetivo parece demasiado grande e complexo, o que dificulta a sua planificação. Neste caso, comece por desdobrar o objetivo grande em vários mais pequenos e sucessivos, mais fáceis de manobrar.

Não se esqueça de dar o primeiro passo para o seu objetivo ainda hoje!

10. Arranje alguns modelos

Pense em 3 ou 4 pessoas que conseguiram alcançar aquilo que quer para si. Escreva as caraterísticas e comportamentos que fizeram delas pessoas de sucesso. Imagine um conselho que cada uma dessas pessoas lhe poderia dar. Escreva-os.

11. Visualize a sua vida depois de alcançar os seus sonhos e o seu dia ideal

Volte ao exercício de criar a imagem da sua vida depois de ter atingido todos os seus sonhos. O que vê? O que sente? O que ouve? O que lhe dizem as pessoas à sua volta?

Como é que é o seu dia ideal? Crie-o desde o momento em que se levanta até à hora de deitar. Quem estaria à sua volta? Como ocuparia o seu tempo ao longo do dia? Como se sentiria na hora de deitar? Intensifique as suas sensações.

12. Conceba o seu ambiente perfeito

Quando imagina o seu dia perfeito, qual é o ambiente que o rodeia? Está num escritório? Está na rua? Que instrumentos usa? Tem música? Tem vista? Quem tem ao seu lado a apoiá-lo/a? Pode alterar já alguma coisa no seu ambiente?

Esta imagem clara e concisa deve acompanhá-lo/a diariamente no caminho para os seus sonhos. Mantenha esta imagem para criar uma mensagem precisa para o seu inconsciente e fornecer um guia para o seu cérebro escolher as ações e os pensamentos adequados aos resultados que quer produzir.

Todos os nossos resultados têm início em criações da nossa mente.

Adaptado do “Poder sem Limites” de Anthony Robbins

Este exercício foi útil? Pense em voltar a fazê-lo para estabelecer objetivos específicos para a sua vida de casal!


Quer aprofundar este procedimento de desenhar o seu futuro? Aceda a este link:


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


Arquivo

bottom of page