top of page

Ajudo Casais a recuperar relações em risco de separação/divórcio, através de sessões on-line

No início da vossa relação, estavam apaixonado(a)s, prometiam que nunca deixariam arrefecer as emoções fortes que vos ligavam!

Agora a relação está diferente, já não existe entusiasmo, por vezes parece que a vossa rotina só é interrompida pelas vossas discussões!

Girl in Therapy

"Não compreendo o meu/minha parceiro(a)"

"A nossa relação arrefeceu, já não estamos apaixonados!"

"Estamos sempre a discutir!"

"Ele(a) perdeu o interesse em mim, já não me ama!"

"Com o nascimento dos filhos deixámos de ser um Casal e passámos a ser só Pais"

"Por mais que tente agradar-lhe, nunca acerto!"

No início de todas as relações, as pessoas investem tempo e esforço para conquistar o outro. Usam várias estratégias para garantir que agradam ao outro e fazem-se promessas a longo prazo: para sempre..., nunca...É a fase do enamoramento e da paixão.

 

Contudo estas emoções são intensas e, até por isso, tendem a ser de curta duração. Aquilo que fica terá de ser um sentimento mais tranquilo que permita ao casal manter energia orientada para o trabalho, para os filhos, para outras áreas da vida pessoal e profissional. Muitas vezes esta reorientação do foco da atenção para a rotina e para os problemas da vida diária, deixa a relação para um plano secundário, assumindo-se que a relação é segura e descurando a sua manutenção. 



O objetivo do Coaching de Casal é exatamente despertar a relação, criar espaço para crescimento em conjunto, reacender a intimidade e fortalecer os sentimentos. 

everton-vila-AsahNlC0VhQ-unsplash.jpg
Perguntas frequentes

Trabalhar a relação online funciona?

A videochamada permite uma comunicação eficaz, com condições de desenvolver a empatia necessária ao processo. Para além disso, o serviço online tem a vantagem de reduzir custos e tempos de deslocações, e permite-lhe aceder às sessões no conforto e privacidade da sua casa.

Já tentámos e não conseguimos, não acredito que seja possível! Será que o Coaching ou a Terapia podem fazer a diferença?

Naturalmente existem relações que ultrapassaram o limiar da reparação, contudo, a maioria das relações em crise podem ser recuperadas se se aplicar algum tipo de investimento. O Amor é um sentimento que se constrói, que precisa de cuidados para crescer e se fortalecer. Na verdade, não é sequer necessário um esforço muito intenso, basta investir nos comportamentos e atitudes adequadas; compreender as necessidades do outro e respeitá-las, ser capaz de pedir o apoio de que necessita e expressar eficazmente as emoções. Se acha que a sua relação merece ser salva, então uma ajuda profissional fará toda a diferença!

Como se distingue Coaching e Terapia de Casal?

O coaching de casal e a terapia de casal distinguem-se relativamente aos objetivos e à metodologia. 

O objetivo do coaching é ajudar a melhorar alguns aspetos da relação, de acordo com os interesses ou necessidades do casal. Os clientes de coaching procuram obter resultados, de acordo com os objetivos que estabeleceram, e precisam de ajuda para planear, entrar em ação e mudar as suas vidas. O coaching de casais tem mais a ver com avaliar e adaptar os seus hábitos no presente e obter os resultados desejados no futuro. 

O objetivo da terapia é fornecer um espaço seguro para o casal comunicar e crescer, para resolverem problemas emocionais, para chegar a um acordo com algo que é difícil de falar, por exemplo, divórcio, infidelidade, doença ou morte, ou para lidar com alguma patologia, como neuroses, fobias ou depressões que estejam a afetar a relação. Os clientes da terapia procuram tratamento e desejam compreender por que sentem o que sentem.

Qual é a metodologia do processo de Terapia de Casal?

A metodologia da terapia passa por 3 fases. Na primeira fase, a estabilização da relação, identificam-se os padrões interativos negativos e reenquadram-se as crenças e as emoções. Na segunda fase, reestruturação da relação, mudam-se as posturas interativas, trabalham-se emoções, necessidades, diferenças de personalidade, aceitação, comunicação e cumplicidade. Na terceira fase, de consolidação e integração, faz-se um acompanhamento das novas soluções e atitudes para garantir o progresso e evitar retrocessos. 

O(A) meu/minha parceiro(a) não quer participar no processo, o que faço?

Qualquer relação interpessoal é uma dinâmica entre os intervenientes, o que significa que todos os intervenientes influenciam a interação e que, para haver mudança significativa, equilibrada e prolongada, é importante a contribuição de todos. Contudo, a mudança de uma das partes já introduz uma dinâmica diferente no todo. Se a mudança começar por si, é provável que o seu/sua parceiro(a) reconheça diferenças e que se entusiasme em colaborar e a participar.

Sou uma pessoa muito ocupada, quanto tempo preciso de disponibilizar?

As sessões individuais têm uma duração de 1h, as sessões de casal duram 1,5h. Sendo sessões online, tem ainda a vantagem de não perder tempo em deslocações. A duração de um processo terapeutico varia muito mas, normalmente, um processo de coaching varia entre 6 a 12 sessões, de acordo com o objetivo e com a extensão das dificuldades. As primeiras sessões são mais próximas para esclarecer as queixas, aprofundar as questões mais complexas e encontrar soluções que tenham impacto o mais rapidamente possível. As últimas sessões são mais afastadas no tempo, para acompanhar e avaliar os progressos e para adaptar e consolidar as novas dinâmicas. Estou certa de que a sua relação merece 12h da sua vida.

  • Instagram
  • Facebook
  • LinkedIn
  • YouTube
bottom of page