top of page

Lidar com emoções indesejadas

O meu objetivo é o seu desenvolvimento pessoal, ajudá-lo(a) a tornar-se na pessoa que deseja e que pode ser e, desta forma, viver a vida que deseja ter.


Quando as emoções são desagradáveis e bastante intensas, torna-se doloroso observá-las e aceitá-las, porque o desconforto é grande, no entanto, evitar este confronto não traz soluções positivas a médio-longo prazo.


Quando ignora uma emoção está a desperdiçar uma possibilidade de aprender alguma coisa sobre si, sobre os seus pontos fracos. Ignorar os sentimentos não os faz desaparecer, eles regressam sem aviso prévio e continuam a doer, porque o problema não foi resolvido.



A solução é dar-se permissão para sentir o desconforto e, enfrentar a dor. Rapidamente descobrirá que afinal não é assim tão mau, que essa dor, apesar de intensa, não o destrói e que, a partir de um certo limiar, o desconforto começa a baixar até atingir níveis aceitáveis e depois desaparecer.


Aceitar as emoções, positivas e negativas, é ganhar a oportunidade de fazer alguma coisa produtiva com elas. Compreender e admitir as emoções é o primeiro passo para resolver um problema, ganhar autoconfiança, conseguir mais bem-estar e melhorar as relações interpessoais.

A autoconsciência emocional permite-nos entrar em sintonia com a nossa corrente de sentimentos e reconhecer que esses sentimentos interferem nas nossas perceções, pensamentos e comportamentos. Daqui surge a consciência de que as nossas emoções afetam as nossas relações com os outros e, consequentemente, a nossa vida familiar, social e profissional.

Está consciente das suas emoções neste momento?

Partilhe aqui as suas emoções, positivas ou negativas, e como a sua autoconsciência o ajudou a superar alguma dificuldade.


Reinvente a sua vida!

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


Arquivo

bottom of page